MATERIAL:

Cadeiras de acordo com a quantidade de participantes.

Musicas animadas.

METODOLOGIA: Disponha as cadeiras como você faz no jogo tradicional das cadeiras. O segredo do jogo é não eliminar nenhum participante, só cadeiras, ou seja, a cada rodada, você retira uma cadeira e ainda assim todos deverão sentar-se! Lançar o desafio: assim que a música parar, todos deverão estar sentados nas cadeiras que ha. Provocar o grupo: encontrem uma forma para que isso seja possível.

Após, retirar a cadeira que sobrou e continuar novamente.

Esta dinâmica termina quando há a exaustão dos participantes. O jogo prossegue até onde o grupo desejar. Em geral, a motivação é tão intensa que, mesmo depois de sentarem TODOS em uma única cadeira, o jogo continua com uma cadeira imaginária. Daí em diante, é só dar asas a imaginação…dançar imaginariamente, passos lentos, roboticamente(…)

APLICAÇÃO DA DINÂMICA:

  1. Colocar um circulo de cadeiras, sendo que 1 cadeira a menos do que a quantidade de pessoas
  2. Lançar o desafio: assim que a música parar, todos terão que estar sentados nas cadeiras… (encontrem forma para isso acontecer).
  3. Colocar a musica e todos devem dançar. ( deixar alguns segundos até o pessoal desfocar da cadeira, assim que isso acontecer…
  4. Parar a música.
  5. Retirar a cadeira que sobrou e dar sequencia na dinâmica.
  6. Esta, só acaba quando o pessoal “perder” a graça da realização da dinâmica das cadeiras criativas.

Pistas de reflexão:

Refletir sobre dinâmica: Provocar o grupo para auto reflexão…( ir na mesma direção, dificuldade de desprendimento, zona de segurança, competição, burlar de regras, não colaboração para atingir um fim coletivo, ir na onda do grupo, querer tirar vantagem, ser líder, ter liderança, foco coletivo, ajuda mutua.