Não faça como a maioria que fica esperando a aprovação alheia. Cada um de nós tem condições de ser melhor a cada dia e não depender da aprovação externa. Seria mais produtivo a sua existência, em vez de esperar a aprovação dos outros, esforçar-se para ajudar cada vez mais pessoas.

Foto de Lukas Rychvalsky no Pexels

1 – Conheça a si mesmo.

Conhece-te a ti mesmo e conhecerás o universo e os deuses.”

Sócrates

Cada um de nós deve se conhecer melhor. É claro que isto é mais fácil para algumas do que para outras pessoas. Mas não se desespere, existem inúmeras maneiras de se conhecer melhor, sem desespero.

Existem inúmeros profissionais, como psicólogos, que podem te ajudar. Terapia pode assustar muita gente, mas ainda é o melhor caminho! Não deixe de consumir livros e outros ensinamentos (a internet está cheia deles), mas não engane-se, não existem fórmulas prontas e mágicas, o autoconhecimento é um caminho que se faz caminhando. Cada dia, um novo desafio, cada desafio um novo aprendizado.

2 – Esforce-se a cada dia

”A satisfação está no esforço e não apenas na realização final.”

Mahatma Gandhi

Não existe milagre. Nunca existiu na história da humanidade um escritor que não escreve, um cantor que não canta ou uma obra de arte que nasceu sozinha. Tudo na vida tem que ter esforço e isto está diretamente ligado ao seu conhecimento, adquirido com o passar do tempo. E olha aí outra novidade, não existe conhecimento sem esforço, sem estudo.

Ah, é claro, e não menos importante, a excelência vem da repetição e da prática. É obvio que existem muitas pessoas neste mundo que nasceram com dons naturais para desenho, arte, esporte e outros. Mas isto, nunca vai significar falta de esforço. Uma coisa é a natureza, e o dom natural, outra, totalmente diferente é o quanto você pode ser melhor a cada dia, com mais conhecimento e dedicação.

3 – Não procrastine

”Procrastinar traz alívio imediato e fracasso a longo prazo.”

Josevan Oliveira

Sei como valorizar-me, mas como começar? Nesta pergunta mora um grande desafio moderno, muitos começam, mas poucos terminam um projeto, uma ideia ou mesmo uma rotina de dieta ou exercícios.

Se você é um destes, saiba que não está só, neste mundo da procrastinação.

O que fazer? Simples, não desistir.

Não caia em armadilhas como isto só ocorre comigo ou eu não sou bom o suficiente para isto ou aquilo. Não espere ser o único afortunado do mundo que desiste no primeiro ou segundo degrau. Mas saiba, que não existe ninguém que vai fazer isto por você!

Seu cérebro sempre quer o mais fácil o mais agradável, e acredite saber disto, já é o primeiro passo para prosseguir. O segundo é lutar e não desistir, ou no máximo não ter vergonha, de que se caso você tenha procrastinado, continuar em outro momento não é nenhum desmerecimento.

4 – Tenha uma espiritualidade

”Espiritualidade é para quem busca entendimento, religião para quem busca recompensa.”

Luiz Carlos Mathias

Um dos pontos mais importantes da auto valorização é ter uma espiritualidade. E aqui muito cuidado, para não confundir espiritualidade com religião.

Não há nenhum problema, aliás, em ter uma religião, mas quando falamos em ser espiritualizados, queremos dizer que cada ser humano neste mundo tem que acreditar em algo, seja um deus, seja uma metodologia, seja uma regra de vida.

Estudos apontam que ser espiritualizado, ou em outras palavras, ser ‘‘espírito’’ (sopro, imaterial) é sempre ter em mente que não somos eternos e que se estamos aqui, deve haver um propósito maior, seja biológico, seja imaterial, seja religioso, isto vai depender de cada um. Ter um propósito faz com que cada um de nós, acorde pela manhã e levante em busca de mais um momento de existência.

Busque saber qual é a sua espiritualidade, o seu propósito.

5 – Planeje suas ações

”Boa sorte é o que acontece quando a oportunidade encontra o planejamento.”

Thomas Edison

Planejamento é o primeiro passo para o sucesso. Ele precede a ação. Não é uma regra, mas quanto mais você planeja, mas você se prepara para o erro, para o improviso e ou para um momento de incertezas.

Estar preparado para momentos adversos é uma importante ferramenta atual, principalmente para um momento de nossas vidas que muitos de nós podem vir a reagir de forma peculiar e muitas vezes até negativa a negação de uma ideia e ou projeto ou qualquer outro insucesso.

Se não é o seu caso, digamos que apesar de tudo o que estamos vivendo atualmente, se mesmo assim você não tem o porquê se preocupar em planejar, qualquer coisa em sua vida, saiba que planejar não é uma opção na administração ou na gestão, e sim um meio de diminuir de forma significativa retrabalhos e o gasto de recursos e energias de forma precipitada e ineficiente. Te convenci?

Outro importante ponto é saber que planejar, ajuda nas tomadas de decisões e na validação de muitas ideias antes mesmo de que elas saiam do papel.

6 – Trabalhe com o que faz a diferença

Escolhe um trabalho de que gostes e não terás que trabalhar nem um dia na tua vida.

Confúcio

Eu sei que aqui podemos ”dar murro em ponta de faca”, ou em outras palavras dizer o obvio ou algo que não vai fazer diferença, afinal quem não quer trabalhar com algo que realmente faça a diferença no mundo. Ou talvez você pense, como que vou trabalhar com algo que eu amo, se tenho que sustentar minha família e não existe a possibilidade de buscar algo que não me dê a renda que preciso.

Não trata-se de dinheiro, ou da falta dele. Trata-se de fazer a diferença no mundo. E o que isto significa?

Vamos combinar uma coisa. Se um dia você puder trabalhar no que ama, e no que realmente tenha um bem comum, meus parabéns, e se por acaso ainda não pensou em fazer isto, saiba que pesquisas comprovam que quanto mais você faz o que ama, melhor financeiramente você tende a ficar, mas isso é conteúdo para outro post.

Nossa meta aqui é entender que independente do que você faz na vida, as pessoas envolvidas no outro lado da mesa, na produção ou que vão consumir seu produto ou serviço, não tem culpa por você ser infeliz nesta função. Saiba que você é responsável por aqueles que você encontra na vida. Portanto, não importa se é em uma indústria, obra, produção ou ao desenvolver um produto ou realizar uma venda, alguém será impactado e isto sendo bom ou ruim, a culpa é sua. Ou melhor, a responsabilidade por um sorriso, um choro, um prazer é sua.

Obs.: Quando fazemos o melhor e não somos valorizados por isto, não podemos deixar de fazê-lo. ”Um tapa, normalmente, não pode doer mais em quem deu, do que em quem recebeu.” Ainda assim, há sempre outras oportunidades neste imenso planeta. Não fique aonde não te valorizam.

7 – Tenha amigos. Mas escute as pessoas certas

”Não te esqueças que os estranhos são amigos que ainda não conheces.”

Abraham Lincoln

Ter amigos e saber quem são eles (conselho atual em tempos de redes sociais), é uma das coisas mais incríveis da vida. São eles muitas vezes, as bases com o passado nostálgico, com um presente feliz e com um futuro de confiança e segurança.

E aqui é importante salientar que amigos verdadeiros, podem e muitas vezes devem ser qualquer um que nos permita um bom conselho, um bom colo ou uma boa risada. Seja quem for, seja aquele ”amigão” de longa data, seja seus pais, irmãos, conjugues, vizinhos, pets, colegas, qualquer pessoa que faz ou fez a diferença em nossas vidas.

As amizades verdadeiras são fruto de uma vida saudável e de uma forma correta de valorizar-se, como pessoa, como amigo, como confidente. Porém, existe um ”perigo na curva”. Ter um amigo não quer dizer que tudo o que eles nos dizem é o mais plausível e infalível na vida.

E não quer dizer também que não podemos ser influenciados de forma negativa ou pessimista nesse sentido. É bom e saudável ter amigos, mas também é preciso escutar as pessoas certas. Este conselho tem a ver com a sua vida profissional, emotiva, social e até esportiva ou na área de entretenimento. Nós vivemos em uma época, em que a opinião faz muita diferença, mas será que você assisti a série do momento porque realmente é algo que te agrada ou por que os outros a assistem. Escolha sempre, mas permaneça naquilo que realmente te dê prazer ou é importante para você! Não tenha medo de mudar.

Eu sei que este exemplo pode soar brega ou cafona, mas é um bom exemplo de como podemos ser facilmente influenciados para o bem e para o mau, pelo simples fato de não nos conhecermos bem ou de não queremos valorizar nossas atitudes frente ao outro. Fica a dica.

Mas e quem são as pessoas certas? Bem isto também é assunto para um outro momento. 

8 – Exercite-se e coma bem

”Não é perdido o tempo gasto em exercícios físicos.”

Ellen White

Este é sem dúvida, a dica mais óbvia de todas. Quem não sabe, no mundo de hoje, com acesso a tantas informações e opiniões escritas, faladas e visuais que exercitar-se e comer corretamente faz bem e pode te trazer um ganho de valorização pessoal inimaginável.

Mas ainda assim, por que é tão difícil para tantas pessoas. Por duas razões muito simples. A primeira tem a ver com os exercícios, pois seu cérebro (olha ele aí novamente) sabe o que te dá prazer ou não.

Para muitas pessoas levantar as nádegas da cadeira e correr, andar ou fazer abdominais, é muito prazeroso. Já para outros uma verdadeira tortura. Portanto, cabe a você e seu cérebro entender o que é melhor para a sua autoestima. Muitas vezes, a rotina de pesos e polichinelos que é excelente para seu amigo ou conjugue não é nada bom para você! Teste seu limite e como cada etapa pode ser vencida afim de te entregar mais prazer e bem estar ao final de um exercício físico. Novamente não existem formulas, mas um bom profissional pode ajudar muito neste quesito.

Já a segunda razão, sobre alimentação, é a mesma coisa. É lógico que um bom churrasco, um brigadeiro e uma lasanha é mais saboroso, caloricamente para seu amigo cérebro, que uma salada, um frango grelhado e um ”mix” de chá verde e bolachas de água e sal. Mas cabe a você, e sua dose de boa vontade, saber o que é melhor e para quando.

Dica importante, uma boa nutricionista também pode ajudar muito. A certeza é uma só, uma boa alimentação e uma rotina saudável ajuda e muito a melhora da auto estima e a consequente valorização pessoal. Sem falar, que você terá mais possibilidades para poder curtir com mais saúde aquela viagem maravilhosa que tanto sonha com sua família entre outros desejos que conseguirá, só se você ‘storyano’ e ‘storyana’ se cuidarem a partir de agora.

9- Amar-se é cuidar-se

Amar a si mesmo é o começo de um romance para toda a vida.

Oscar Wilde

Quantas vezes você abriu uma revista de celebridades, ou viu em um filme ou uma série, aquele exemplo perfeito de corpo e beleza, estampado com letras ”garrafais”, perguntando ao seu inconsciente: Porque eu não sou assim? A resposta dura e didática é sempre a mesma, normalmente, porque não nasci assim ou porque não tenho o dinheiro que a tal celebridade tem.

Mas existe uma verdade absoluta na vida: Amar-se é acima de tudo cuidar-se. Aqui mais uma vez vale a ressalva, não somos no marketing humanista, psicólogos, couch’s ou cirurgiões plásticos, mas saber o que te move e como algum processo de organização mínima e de melhoria de desempenho por ajudar você a ser melhor, cuidando daquele que esta contigo todos os dias, seu corpo, faz toda a diferença na sua autoestima.

 Saber seu limite e como podes ter um propósito na vida, seja profissional, seja pessoal contribui para que seu inconsciente te veja de outra forma. Pensar sobre isto já é o primeiro passo, afinal ninguém é bom demais para mundo, como ninguém é ruim demais para o mesmo mundo.

O que você tem de positivo? Como pode estar melhor no dia dia? Como você faz para melhorar a sua autoestima? O que deve ler? O que deve vestir? Como deve se portar? Apenas existem respostas, se antes sabemos fazer as perguntas certas. Entenda seus porquês, e coloque assim de vez uma exclamação em sua vida.

10 – Um dia você vai morrer.

”O que não provoca minha morte faz com que eu fique mais forte.”

Friedrich Nietzsche

Calma isto não para te desanimar, pelo contrário. Também não é uma dica de auto ajuda com o propósito de ser ”piegas”, com o tipo de conselho, viva o hoje e o agora. Não deixa para amanhã, etc.

Mas saber que nossa existência é limitada, contribui de forma única para a espécie humana. Afinal quem mais além de nós, humanos tem a consciência no reino animal ou vegetal que um dia vamos perecer. (Isto ainda não é consenso no mundo acadêmico e científico).

Mas pense conosco. O que te faz levantar toda manhã? Qual é o seu propósito? Por que leu este artigo até aqui?

Saber que devemos planejar, nos movimentar e amar, ler, escutar, celebrar, faz como que cada um de nós ache um sentido para sua vida e assim, contribua para que outras pessoas também tenham momentos únicos. A não valorização de si mesmo, passa por este ponto.

Não valoriza-se significa não compreender seu papel na rede social, não a da internet, nas sim a da sua vida. Lembre-se existem inúmeros profissionais que podem te ajudar e inúmeros materiais na internet que podem te dar uma ”luz’, mas o primeiro passo começa por sua decisão de fazer a diferença. De valorizar-se. E ai, quando vai começar? No seu lugar eu começaria agora, afinal você não sabe quando será o fim.  


0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *